Hello

Esse é um blog que é um desabafo e uma tentativa de mostrar as pessoas aquilo que Deus me mostra todos os dias. Espero que eu possa ser um pouco útil para você que lê. Beijoos

24 de abr de 2010

Do que temos vergonha?


Com a reflexão que fiz para poder falar no teatro, eu me peguei pensando num versículo: "Eu sou o Senhor vosso Deus, que vos tirei da terra dos egípcios, para que não fôsseis seus escravos; e quebrei os canzis do vosso jugo, e vos fiz andar erguidos."Levitico 26:13. Já falei desse versículo aqui, mas agora eu quero falar dele em outro ângulo. Nele está escrito a palavra “eretos”, a meu ver, ela está relacionada com a falta de necessidade de vergonha daquilo que nos tornamos. E nos tornamos filhos do Rei, proclamadores de Sua Palavra. Mas, aí vem a pergunta título do post: do que temos vergonha? Eu, sinceramente, responderia: de quase tudo.


No mundo em que vivemos as pressões sociais estão a cada dia mais presentes, questões ligadas à virgindade, religião e outras, são freqüentes em nosso cotidiano. E na maior parte das vezes não estamos prontos para respondermos à elas de modo coerente com a nossa fé. Diante dessas situações nos vemos envergonhados de confessarmos aquilo no qual realmente acreditamos. E digo que essa é uma atitude que agrada muito ao inimigo, porque isso é o silêncio e/ou mentira dos justos, e só favorece aquele que não é nosso amigo.


Nós devemos ter o posicionamento contrário à essa covardia, porque Deus nos dá coragem, força para enfrentarmos nossos desafios. E como venceremos reais problemas se não ganharmos os pequenos? E as perguntas que são levantadas, são minúsculos desafios diários. Nós temos que lembrar o testemunho maravilhoso do apóstolo Paulo (“Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego.” Romanos 1:16), e não nos calarmos nem nos abatermos diante de momentos que possam nos causar vergonha.


Temos que lembrar acima de tudo, do grande exemplo que Cristo deu na cruz, Ele não se envergonhou de morrer por mim e por você. Ele foi o exemplo que Paulo seguiu, porque os dois são grandes pregadores, e Jesus, acima de todos, fez de tudo na presença de todos para agradar a Deus. Que motivo maior podemos ter para não nos envergonharmos? Além de que Aquele que é Dono de tudo não se embaraçou perante todos os que O ridicularizavam por falar a verdade do Criador? Depois de pensar em tudo isso, só posso concluir que não há argumento melhor ou maior que esse. E que sempre devemos estar cientes de que a coragem, a força, a ousadia vindas de Deus são suficientes para nos levar adiante e sem necessidade de vergonha daquilo que somos e do que o PAI é.

21 de abr de 2010

Onde está seu tesouro?


Lucas 12:34 "Porque, onde está teu tesouro, aí também estará o teu coração." Esse versículo fala das nossas prioridades na vida. Fala do perigo de ter algo errado como tesouro, fala de uma coisa profunda que é: comprometimento. Como q você se compromete?


Porque mais do q as pessoas q você anda, o que te motiva é o que te define. E ser definida por coisas ruins ñ é legal, ser definida por se motivar pelas coisas certas é o melhor. E mais que isso, perseguir as coisas certas q te fazem bem é o certo pra nós. E o que há de melhor pra nós do q as coisas de Deus? O que há de melhor do que ter o nosso tesouro nos preceitos de Deus?


O que há de melhor do q ser motivado por Deus? Na minha opinião: nada. Porque só Ele pode nos dar o verdadeiro tesouro: perdão, amor, misericórdia, redenção. Esses são pedaços do tesouro do qual Deus nos dá. E que a cada dia o PAI renova esses fatores, porque nós precisamos disso devido à nossa natureza caída. E tudo isso só é possível por causa do sacrifício de Jesus por nós.
Eu não sei de outro exemplo mais explícito de onde está o tesouro de alguém do q o sacrifício de Jesus. Através da morte dEle todos puderam ver onde estava o tesouro dEle, onde estava o prazer dEle, onde estava o Seu coração. O Seu coração estava na vontade do Pai, estava na vontade de ser um instrumento vivo nas mãos dAquele q é Dono da História.


E que não precisava fazer nada por nós, porque Ele sem nós é o Todo Poderoso. Agora... o que somos sem Ele? Nada. Então, uma das reflexões que devemos fazer todos os dias é: onde está nosso tesouro, consequentemente onde está nosso coração. Está nas coisas certas ou erradas? Porque a única coisa que levamos dessa vida é o q cremos, e o nosso tesouro reflete nossa crença


Quando cremos, sem dúvida, no poder do Santo dos Santos temos nosso coração no local onde ele deve estar. "Buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e todas as coisas vos serão acrescentadas" Mateus 6:33. Esse versículo demonstra q nós ñ precisamos nos ater aos tesouros q a Terra nos dá, porque mais do a Terra, Deus nos permite tê-los. Portanto, o único tesouro com o qual nós precisamos nos preocupar em ter é o amor de Deus, e por isso colocar nosso coração diante do altar do Altíssimo.

18 de abr de 2010

"Há tanta grandeza no arrependimento...


que poucos sabem apreciá-la no seu justo valor."( Filipe Fabre ) Ontem eu ouvi uma mensagem que falava da importância do arrependimento e resolvi postar aqui sobre. E eu estava sem inspiração para um título legal e fui atrás de uma frase. Quando eu vi essa, eu achei que ela meio que sintetiza tudo o que quero falar. Bom, então comecemos, né?


No Salmos 32: 5 “Confessei-te meu pecado e a minha iniqüidade não mais ocultei. Disse: confessarei ao SENHOR as minhas transgressões; e tu perdoaste a iniqüidade do meu pecado.”, fala de Davi se confessando a Deus e o Pai perdoando. Agora... como isso realmente acontece? Bem, o perdão acontece primeiramente porque Deus é infinitamente misericordioso, amoroso e paciente conosco, em segundo lugar e é o meu foco de hoje: arrependimento. Davi fez mais que uma simples confissão, ele se arrependeu.


Em Atos 11: 18b “Logo, também aos gentios foi por Deus concedido o arrependimento para a vida.”, diz que o arrepender-se é para todos e que através dele podemos receber o perdão divino. E além desse GRANDE benefício, ainda somos purificados pelo sangue de Jesus Cristo, o que nos leva à vida eterna. O Filho Unigênito é o nosso maior presente e através dEle recebemos tudo do Pai Celestial. Mas, mais uma vez, só podemos amar verdadeiramente a Cristo quando realmente nos arrependemos.
Portanto, o arrependimento é um dos tijolos que faz parte da ponte construída por Jesus Cristo para nos dar acesso ao Pai. Arrependimento é o combustível diário da purificação através do sangue do Cordeiro. Arrependimento é um fator fundamental para uma vida de relacionamento íntimo com Deus. Arrependimento é um requisito para os que querem ser lavados e conseguem isso graças ao amor do Criador. Arrependimento é saber que você é nada sem o SENHOR de todo o universo.

16 de abr de 2010

Arte? Malabares?


Arte, malabares, e todos os seus afins. Essas são coisas muito presentes numa sociedade moderna como a nossa. São tidos como fatores quase que essenciais para manter a população reunida e principalmente, agradada. Mas será que a população cristã precisa disso? E ainda mais: será que Deus precisa disso para salvar ainda mais pessoas?


A resposta pra ambas é “não”. Nós como cristãos sabemos que o nosso sustento vem de Deus e da sua graça, de mais nada. Apenas o amor do Pai para conosco é necessário para que Ele nos dê tudo o que precisamos. E muito mais, né? Porque venhamos e convenhamos, temos muito vindo da misericórdia do SENHOR. E em relação à outra pergunta nós sabemos que não é nada inventado pelo homem que fará diferença na hora de realmente salvar almas.
E o mais importante: quem resgata é o Espírito Santo. Quem realmente consegue converter alguém é o Espírito enviado por Deus que transforma a pessoa em questão. Ter certeza de que nós somos meros instrumentos, de que quem tem o verdadeiro poder é Deus é crucial. Esse entendimento é essencial para que possamos ajudar na obra como Jesus mandou.


Saber que arte no mundo não é páreo para o verdadeiro poder do Evangelho é ter consciência da grandeza de Deus. Alguns dizem que hoje em dia o entretenimento para o cristão, os recém- convertidos e para os que ainda irão se converter é uma peça chave. Essas pessoas se preocupam com o que a carne faz e se esquecem do teor espiritual. Portanto, não ache que a diversão, a arte ou meios do tipo irão ser decisivos para algo em relação a Deus. O que é realmente o principal fator é o agir de Deus nos corações dos homens.

11 de abr de 2010

Fé...


De onde vem essa fé que eu tenho em Deus? Será que Ele colocou em mim ou vem de dentro de mim mesmo? Pois é, Deus criou tudo, até essa fé que eu tenho nEle, até a vontade de adorá-lO, TUDO, tudo mesmo. Mas existem pessoas que não tem essa fé que eu tenho nEle, e elas precisam ser comovidas pelo Espírito Santo. Mas eu tenho que estar preparada, saber de tudo que Ele fez e é capaz de fazer, porque o diabo usa todas as estratégias possíveis e inimagináveis pra confrontar e tentar derrubar nossa fé, porque sempre que ele consegue fazer com que nós nos imaginemos incapazes de falar de Deus e do Filho que o SENHOR enviou pra morrer por nós e de onde vem a base da nossa fé, ele vibra. E sem dúvida alguma nós iremos ser confrontados, e nós temos que estar preparados. As perguntas são muitas. Mas eu posso ter certeza que eu sou filha dEle, que Ele me ama ao ponto de enviar seu Filho pra morrer por mim, que Ele é justo dando castigos e me fazendo amadurecer, que Ele é misericordioso porque mesmo eu sendo tão fraca, pecadora, falha e tantas outras coisas Ele continua a me abençoar e me dá tudo que eu preciso. Ele é amigo, Ele é quem eu posso confiar de verdade sem medo de esconder nada, sem medo de falar demais, Ele me consola sempre que eu estou lá embaixo, Ele é o meu Deus e Ele tem todas as melhores qualidades que existem. E eu vou tentar ao máximo me preparar pra todas as batalhas que eu tiver que passar, por todos os confrontos que eu tiver que passar, porque eu não vou estar sozinha, Ele vai estar comigo, e com Ele, cara, eu não preciso de mais nada, porque Ele já é tudo e ainda insiste em me dar mais. Ele é o meu Deus e eu creio nEle sim!

9 de abr de 2010

Qual o nome do sábado?


Essa é a frase que quase sintetiza o que eu estou pensando.

Hoje no teatro a palavra foi sobre o dia do sábado entre a Sexta da Paixão e o Domingo de Aleluia. Então, eu volto à pergunta: qual o nome do sábado? Porque não há referência na Bíblia sobre esse dia e não se fala muito sobre ele, o grande destaque é pros dias da morte e ressurreição de Cristo... o que é mais do que justo, mas E o dia entre eles?

O meu primeiro pensamento foi: “Ué, sei lá!”, mas na verdade há uma resposta. O sábado é o dia da espera, o dia da aflição, da agonia, mas o mais importante: o dia do desafio de vigiar e orar. Ahn? O dia de sábado é o que vivemos hoje em dia... estamos entre o tempo da Cruz e da Volta de Jesus. E de acordo com o que Ele disse no Getsêmani para os apóstolos: precisamos vigiar e orar. A carne é fraca e acabamos cedendo a alguns caprichos dela, isto apenas pode ser evitado se nos mantivermos em contato constante com o Pai e Seu Filho que morreu por nós, e esse é o sentido de vigilância e oração.

Por isso, toda vez que você pensar no sábado entre a morte e ressurreição de Jesus, pense no seu presente. Pense no seu futuro, pense em quem você é sabendo que tudo isso pode ser mudado pelo desejo de Deus. E os que vigiam, que oram, que guardam seus ensinamentos, que possuem obediência são os que amam a Deus. Então, aproveite seu tempo de sábado e todos os outros, mas lembre-se do galardão final: A presença perfeita do Pai. Pense no sábado como um dia de reflexão que te dará uma percepção no início equivocada, mas que depois será ótimo. Sábado é o dia do Senhor, sábado são os nossos dias, então os nossos dias são dias do Senhor
.

5 de abr de 2010

"Eu sou o Senhor vosso Deus...

que vos tirei da terra dos egípcios, para que não fôsseis seus escravos; e quebrei os canzis do vosso jugo, e vos fiz andar erguidos." Levítico 26:13. Eu li esse versículo essa semana pela leitura anual da Bíblia, e ele realmente me fez pensar. Com a Páscoa tendo passado nesses dias, eu acho que as palavras desse trecho me arremeteram ao sacrifício de Jesus na cruz.

Nesse pedaço da Palavra fala que Deus nos tirou da terra do Egito e que nos faz andar eretos, erguidos, ou seja, Ele nos mantém firmes. E é isso que representa a morte de Jesus na cruz, a retirada de nossas vidas do Egito (representação de trevas espirituais) e nos mantém no caminho para o Pai (a analogia com o “eretos”). A nossa saída do Egito, das trevas, da condenação, veio através da misericórdia insuperável de Deus que nos mandou Jesus. ALELUIA! Eu nunca vi uma coisa mais bonita do que essa. Sério mesmo.

Saber que o Pai me tirou de um caminho que não me daria futuro é ter a certeza que Ele me dá o melhor. É saber que eu posso ter coisas maravilhosas que Ele me dá sem que eu mereça. É saber que eu sou erguida por Ele, e que Jesus é o meu amigo de todas as horas. É saber que Jesus se fez carne para que eu pudesse ter um corpo muito melhor que esse, um que me será dado quando eu for pra vida eterna. Obrigada SENHOR!